DIFERENTES PERSONALIDADES DA MÚSICA ELEGEM “O MELHOR ROCK DE TODOS OS TEMPOS” – PARTE 2




O Monophono bateu um papo com algumas personalidades da música, para descobrir na opinião de cada uma delas a polêmica pergunta: Qual o melhor Rock de todos os tempos (música e banda) e por quê? Confira abaixo a segunda parte dessa matéria:


Vou mandar um de bate pronto aqui: Litle Richard – “Long Tall Sally“. É o segundo hit dele… pra mim muita coisa saiu dali, de Elvis a Beatles. As letras sempre festeiras em interpretação sempre ampla. Definitivamente é a faísca do Big Bang que tomou o mundo depois.



O melhor Rock de todos os tempos é “My Generation” do The Who. Única banda em que seus integrantes conseguem fazer solos o tempo todo sem parar, completamente loucos e ainda criaram os riffs em Power Chords. Nos shows era o caos, a besta, o verdadeiro espírito adolescente e visceral do Rock, a rebeldia Punk, sem perder a elegância Mod. E os caras quebravam tudo no final da música, derrubando as paredes dos primeiros Marshalls de 100w e 200w!!! Alcançavam 200 decibéis a 150 metros do palco! Porra! Quer mais o quê?




Não tenho o hábito de escolher melhor ou pior ou escrever listas porque realmente acredito que se estamos em constante evolução, a nossa percepção e necessidades também mudam. Por isso, farei uma escolha emotiva: O professor de música da escola do meu filho de 7 anos, na época, mostrou “Day Tripper” dos Beatles para ele, que ficou doido e me pediu para tocar a música, e também tocar no violão, por dias e dezenas de vezes. Um ano depois, ele já nem lembra que ficou tão impactado, mas eu não esqueci…



Cara, sempre me pedem pra fazer listas de melhores discos de todos os tempos e cada vez sai uma lista diferente. Mas o primeiro lugar nunca muda: “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band“. O que os Beatles + George Martin conseguiram fazer em 1967 é um absurdo. E ainda levando em conta que eles gravaram aquilo tudo em 4 canais! O livro “Paz, Amor e Sgt. Pepper“, do George Martin, esclarece bem isso – e torna tudo mais inacreditável ainda. E nesse disco tem uma obra-prima que pra mim representa bem o talento e a importância dos Beatles, que é a maravilhosa “A Day in the Life“. O tipo da música que nunca vou cansar de ouvir.



Ego Kill Talent É a melhor banda de Rock de todos os tempos, porque eles trocam os instrumentos e abriram o show do Foo fighters. Música: “Our Song (Acoustic)“.


 




Para o Bruno Rockeiro o melhor álbum de Rock de todos os tempos é o “Led Zeppelin IV” de 71. Para o Bruno Punk, é o álbum “Uskonto On Vaara” do RATTUS. São álbuns que você pode ouvir em qualquer momento, de tristeza, de felicidade, de euforia e quando você quer mandar o Bolsonaro tomar no cu! FORA SEU VERME! Música: “Stairway To Heaven” do Led Zeppelin.






Comecei nessa vida Roquista na revolta Ramoneira mas o The Clash me fez começar a entender o força da música com conteúdo político e a assumir uma posição ideológica. Devo muito do que sou e faço a eles…”London Calling” para mim é a música, mas o discurso do álbum em si continua tão vivo e atual como na época em foi lançado!






Se tivesse que escolher um único som como o mais representativo do Rock escolheria “New Rose” do The Damned. Em todos os aspectos a música é inovadora e profética. Preconizou tudo o que viria acontecer na cena Punk, como sendo um fenômeno musical, social e comportamental. É o tipo de música que quanto mais o tempo passa mais atual fica. A música se atualiza sozinha, já as pessoas…



Último álbum do Napalm Death. Um dos melhores discos da banda, isso prova que os velhotes estão fazendo bonito ainda. Música: “That Curse of Being in Thrall“.






Só me apaixonei e compreendi a amplitude musical e cultural do Rock, depois que conheci Rita Lee. Música: “Coisas da Vida“.



Alexandre Bury, Jornalista e parte integrante do Monophono, também contribuiu para essa matéria. Agradecemos à todos que dispuseram do seu tempo para responder à essa polêmica pergunta.

Deixe uma resposta