SURRA: NOVO EP DO TRIO HOMENAGEIA O UNDERGROUND DO LITORAL PAULISTA



Enquanto os shows não retornam oficialmente ao calendário artístico mundial (se é que isso acontecerá tão cedo), os músicos se concentram em áreas que lhe são permitidas, nesse momento de constantes alerta e precaução. O trio thrashcore santista Surra optou em utilizar o período pandêmico para registrar material – eles, que já possuem dois full lenghts e alguns 7” em vinil, gravaram mais um compacto autoral (a ser lançado ainda em 2020), e um EP de covers, “100% Surra – Expropriando a Sua Fábrica”, este disponível desde a última sexta-feira para streaming nas plataformas digitais. O mini-álbum contém quatro versões, e uma ideia as conecta: todas são de formações da Baixada Santista que, de uma maneira ou outra, influenciaram o Surra (e o cenário musical praiano, no geral). A capa é referência direta aos megastars caiçaras do Charlie Brown Jr. (quem adquirir a versão limitada do álbum ganhará um skate de dedo, inclusive), mas o foco é o underground da região, e sonoridades mais radicais que florescem exclusivamente em subterrâneos.



O primeiro tema presente no disco é “Little Boy”, do Sociedade Armada, quarteto hardcore santista que tocava um som mais agressivo em época de domínio melódico no punk rock local (Safari Hamburguers, Garage Fuzz, White Frogs, Blind, etc). Na seqüência, o praia-grandense Summersaco, aqui duplamente homenageado: tanto pela potência crua de seu powerviolence/grind, quanto pelo triste falecimento do vocalista Itzac, ocorrido ano passado. O Larusso, crossover abrasivo também de Santos e decisivo para a escolha dos caminhos musicais trilhados posteriormente pelo Surra (segundo os próprios),  aqui comparece com “Simpatia Pela Vingança”. Por último, lenda que dispensa qualquer formalidade, o Vulcano, e “Total Destruição”, um dos hinos mais indestrutíveis do metal brasileiro, representante de uma época de energia tresloucada e pulsão pela insanidade, ingredientes que preservam a imortalidade dos primórdios do nosso rock. Essa última conta com a participação de Maurício Nogueira, guitarrista com passagens por Krisiun e Torture Squad, e da cantora Cacau Pinheiro.

Uma banda se torna algo maior em nossas vidas quando nos desperta a vontade irrefreável de montarmos a nossa – e aqui o Surra nos apresenta, e ao mesmo tempo celebra, alguns dos responsáveis por sua existência.  

Ouça abaixo, na íntegra o EP “100% Surra – Expropriando Sua Fábrica”:    

 

Surra ao vivo em São Carlos:

Deixe uma resposta